20/10/11

Sabrina Soares revela em entrevista ao Yahoo! OMG! que não considera seu corpo perfeito


Em entrevista exclusiva ao site Yahoo! OMG!, divulgada nesta terça-feira (18/10/11), Sabrina Soares, a Garota Fitness Brasil 2011, disse que não considera o seu corpo perfeito e que nunca fica satisfeita com seu físico.

A advogada de 24 anos, 1,65m de altura e 58 quilos contou sobre a experiência de ter participado do concurso de fitness que lhe abriu as portas para trabalhos na mídia. Ela já fez participações nos programas "Melhor do Brasil", da Rede Record e "Pânico na TV", da Rede TV!

A brasiliense ainda comentou sobre a repercussão do seu ensaio para a edição de outubro da revista Sexy. Ela ainda revelou que fez uma participação em um reality show sensual, que ainda será veiculado por um canal de TV a cabo em 2012.

Ela ainda comentou sobre o corpo das musas da TV da atualidade e disse que aceitaria se tornar uma panicat.

Leia a seguir a entrevista, na íntegra:


Entrevista com Sabrina Soares


Tendo o corpo considerado o mais bonito do Brasil, o que é um corpo perfeito para você?
É um corpo malhado, mas sem exageros. Um corpo com mais definição e menos volume. Acho que a mulher muito malhada fica masculina, pois tudo o que é exagerado sai do padrão, perde um pouco o foco. Mas isso costuma acontecer com frequência, porque quando a mulher malha, é para a outra ver. E quando vê a outra maior, pensa: “nossa, tô magra, preciso malhar mais” e fica com a neurose. Eu já puxo para o outro lado: que é o de ficar mais magra, mais sequinha, nada exagerado. Jennifer Lopez é um exemplo: tem sensualidade e corpo na medida.

Ao contrário de você, muitas mulheres do concurso eram muito musculosas. Como foi enfrentar a vaidade delas nos bastidores após o resultado?
Algumas conversavam, outras não. Algumas saíram com raiva porque não acharam justo eu ter vencido. Eu ouvi várias coisas a respeito. Ouvi que eu não tinha nada a ver com o concurso. Mas é que muita gente pensa que concurso de fitness é concurso de fisiculturismo. E não é. O que conta não é o volume, mas a definição, a simpatia, sensualidade.

O que você acha do corpo das atuais musas da televisão: as panicats e mulheres-frutas?
Tem que falar que é bom? (Risos). Eu não tenho como falar que é feio, vai do gosto da pessoa. Eu acho que gosto tem para todos. Tem gente que gosta de ficar maior, tem gente que gosta de ficar definida. São corpos bonitos, lógico, pois as meninas se cuidam. Tem perna grande, bunda grande, peitão, não tem barriga, então não tem como ser feio.

Você considera o seu corpo perfeito?
Não, perfeito não. Eu nunca paro e penso que está ótimo. Se eu dou uma crescidinha, já quero ficar mais seca... Em mim, acho que ainda falta um volume na perna, mais definição.

E o que você mais gosta no seu corpo?
Meu silicone (risos). Brincadeira... Eu gosto do meu bumbum, acho que ele é bonito.

É possível ter um corpo perfeito sem fazer uso de drogas de academia?
Com certeza, até porque eu não uso nada, juro por Deus. Eu uso apenas suplementos. Para mim, 70% do resultado vem da alimentação. Os outros 30% vem de suplemento, de descanso e treino. Não tem segredo.

Tem algum vício – como chocolate, refrigerante, massas – que você não consegue resistir?
Eu como muito, muito mesmo. Eu gosto de doce, não me privo de nada, mas, se eu tenho algum trabalho em vista, me arrebento na dieta. No concurso, 13 dias antes eu fiz uma dieta rigorosa. Confesso que não estava com esse corpo todo quando fiz a inscrição, não.

Como você era na adolescência: gordinha, magra?
Eu era muito magra. Só tinha joelho e pescoço (risos). Eu odiava, por causa dos apelidinhos de escola, para zoar mesmo. Eu comecei a malhar com 15 anos, mas nada muito sério. Só depois que trabalhei como modelo é que comecei a apostar na alimentação, suplemento, a investir mesmo. Meu corpo está assim há uns três anos, apenas.

Qual é a dica para as magrinhas e gordinhas que querem ficar com um corpo como o seu?
Para as magrinhas, a dica é comer de três em três horas, certinho, ingerir bastante carboidrato. Já para as gordinhas, você tem que ter muita força de vontade, tem que focar em algo que te anime, porque, senão, não vai. É fechar e boca, controlar a alimentação e ir à academia.

Homem tem que ter corpo perfeito também?
Eu não gosto de homem grande, exagerado... Gosto mais daquele homem em que eu bato o olho e penso: nossa, ele malha, ele se cuida, mas sem exageros.

Como está sendo a repercussão do ensaio da Sexy?
Fiquei alheia a esse movimento porque estava participando de um reality show, então eu fiquei um mês sem saber de nada. E quando eu cheguei, já estava acontecendo.

Que reality show?
É um reality show sensual, que eu não posso falar muito a respeito. Mas adianto que estou entre as quatro finalistas que vão disputar a votação na internet a partir de abril. Vai ser veiculado... Na tevê a cabo.

Fiquei sabendo que a sua família ficou brava com o ensaio...
Minha mãe deu a maior força, foi o meu pai que não gostou muito. Ele está em Brasília e ficou meio chateado. Acho que por ele trabalhar no Tribunal e eu já ter estagiado lá, fica aquela coisa... Ele disse que desceu o elevador e um cara falou “Eu vi”, e ele falou bravo: “Viu o quê?” (risos). Ele não chegou ver a revista.

Está recebendo muitas cantadas? Qual foi a mais brega?
Sempre tem, né? Mas recebi uma esses dias que foi horrível. “Nossa, você com tantas curvas e eu sem freio nenhum”. Ridícula, né? Eu fiquei rindo da cara dele dois dias. Como é que pode?

Planos futuros?
Estou com expectativa de alguma coisa legal acontecer para dar continuidade no meu trabalho. Espero um convite...

Toparia ser panicat?
Claro, tem a ver com o meu trabalho, e eu acho que me enquadro no perfil das meninas, e iria numa boa. Mas também sou advogada. A carreira está de lado um pouco, mas tenho para onde correr caso tudo dê errado.

Nenhum comentário :

Postar um comentário