18/02/12

Atividade física intensa no carnaval pode levar a quadro de desidratação

Especialista alerta sobre a importância de manter o corpo bem hidratado durante o carnaval



Alana Gandra
Agência Brasil

Os foliões que pretendem participar da maratona de desfiles dos blocos de rua e de trios elétricos neste carnaval precisam tomar algumas precauções, como manter o corpo bem hidratado, orienta o médico da Câmara Técnica de Medicina Desportiva do Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro (Cremerj), Paulo César Hamdan.

Toda atividade física extenuante pode levar a um quadro de desidratação. Somado a isso, o pessoal bebe (álcool), que é outro fator de desidratação." O ideal, segundo Hamdan, é que para cada dois ou três copos de álcool a pessoa beba um litro de água.

Especialista em atividade física, Hamdan recomendou que os foliões bebam bastante água, “o máximo que puderem”, além de isotônicos ou, até mesmo, soro caseiro. “Misturando uma colher de chá de sal e duas colheres de sopa de açúcar a 1 litro d’água, você tem o soro caseiro."

Uma medida simples para controlar a perda de água no organismo durante os festejos de carnaval é pesar-se antes de sair para os blocos e à noite, depois que chegar em casa. A diferença indicada na balança deve ser reposta com água para manter o balanço de hidratação, explicou.

Outro aspecto importante diz respeito à alimentação. O médico do Cremerj recomendou que as pessoas abusem de frutas nesta época, porque elas contém água e ajudam a hidratar. Além disso, o ideal é adotar uma alimentação à base de carboidratos, como massa e purê de batata. “Principalmente à noite, é uma alimentação ideal para ser armazenada pelo corpo como fonte de energia para o dia seguinte”.

Em relação às fantasias, a dica é usar roupas leves. “Roupas muito fechadas preservam o calor e o suor não evapora, causando situações que podem levar à intermação." A intermação é causada pelo aumento da temperatura corporal e pela má resfriação do corpo, incapaz de suar de forma adequada.

Hamdan explicou que a atividade física extenuante já configura um risco de desidratação. “Se estiver usando uma roupa muito fechada, o suor não vai evaporar, aumentando mais o risco de intermação. Bebendo álcool, outro fator que leva à desidratação, aumenta esse risco. São três situações que fazem com que você tenha um risco maior de chegar a um ponto de desidratação e intermação, sendo a hipertemia um quadro de emergência médica severa, que pode provocar arritmia e morte."

Nenhum comentário :

Postar um comentário