30/10/12

No Rio, Michael Phelps visita vila olímpica e treina com crianças do Complexo do Alemão

Nadador norte-americano recordista de medalhas olímpicas treinou com mais de 20 crianças e distribuiu medalhas


Phelps nadou e treinou com mais de 20 crianças do conjunto de favelas e ainda distribuiu medalhas aos atletas mirins. Tânia Rêgo/ABr

Vitor Abdala
Agência Brasil

Recordista de medalhas olímpicas, o nadador norte-americano Michael Phelps visitou hoje (30) a vila olímpica do Complexo do Alemão, na zona norte da cidade do Rio de Janeiro. No local, Phelps nadou e treinou com mais de 20 crianças do conjunto de favelas e ainda distribuiu medalhas aos atletas mirins.

O norte-americano, que se aposentou das competições de natação depois das Olimpíadas de Londres neste ano, disse que deseja estar presente nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, mas apenas como espectador.

Espero estar aqui, mas apenas assistindo, não competindo. Acho que será oportunidade para vir aqui e conhecer mais da cidade, provavelmente com a minha mãe. Poderemos experimentar juntos como é assistir a outras pessoas competindo. Talvez vocês até me vejam competindo, mas não na piscina. Se, de alguma forma, eu me tornar um grande golfista, talvez [participe da competição]. Mas acho isso muito improvável nos próximos três anos”, disse.

Phelps disse que, por enquanto, suas ambições com o golfe se resumem a vencer os amigos. O golfe será esporte olímpico em 2016.

Durante visita à vila olímpica do Alemão, Phelps também buscou passar uma mensagem positiva às crianças de que, com muita determinação, é possível tornar sonhos realidade. Segundo ele, a experiência de treinar com os pequenos na piscina foi incrível. “Experiências como essa são melhores do que muitas coisas que fiz na minha vida. A barreira da língua é difícil, mas pude ver os sorrisos e as expressões faciais das crianças”, destacou.

O nadador revelou que sua vida tem sido muito corrida desde que se aposentou das competições, com viagens ao redor de todo o mundo. Ele disse que deseja muito voltar para casa e que está acompanhando com preocupação as notícias sobre o Furacão Sandy, que atingiu os Estados Unidos. “Vi fotos de muitas casas que estão sob a água. Os prédios de amigos meus tiveram seus andares térreos inundados. Estou um pouco nervoso em voltar porque não sei se minha casa estará debaixo d'água ou não.”

Phelps também elogiou o nadador brasileiro Thiago Pereira, medalha de prata nas Olimpíadas de Londres, que, segundo ele, amadureceu como atleta e tem boas chances em 2016.

Na piscina, as crianças fazem alongamento. Foto: Tânia Rêgo/ABr


As crianças entram na piscina. Foto: Tânia Rêgo/ABr

Michael Phelps observa o nado das crianças. Foto: Tânia Rêgo/ABr

Michael Phelps salta na piscina. Foto: Tânia Rêgo/ABr

O nadador norte-americano mostra por que é recordista de medalhas olímpicas. Foto: Tânia Rêgo/ABr

Depois das Olimpíadas de Londres (2012), Phelps se aposentou das competições de natação. Foto: Tânia Rêgo/ABr

Phelps fala sobre sua visita à vila olímpica do Complexo do Alemão em coletiva de imprensa. Foto: Tânia Rêgo/ABr

Um comentário :