09/02/13

Aos 95 anos, Cordão da Bola Preta abre oficialmente o carnaval de rua no Rio

Bloco carnavalesco concorre ao título de maior festa de rua do mundo


Foliões do Cordão da Bola Preta - Foto: Tânia Rêgo/ABr

Vitor Abdala
Agência Brasil

O carnaval de rua do Rio de Janeiro foi oficialmente aberto hoje (9) pelo Cordão da Bola Preta. No ano em que completa 95 carnavais, o bloco desfila pela Avenida Rio Branco e atrai dezenas de milhares de foliões nesta manhã. O desfile começou exatamente às 10h10 com a música Cidade Maravilhosa.

É um bloco que representa tudo para o carnaval carioca. O Bola Preta é a razão da existência do carnaval. Daqui a cinco anos, a gente completa 100 anos”, disse o presidente Pedro Ernesto Marinho.

Desde cedo, milhares de pessoas já se concentravam na Avenida Rio Branco. Casais, solteiros e famílias curtem o bloco, a maioria fantasiados. Um grupo de 15 pessoas, vestidos de índios, saiu cedo de Bangu, na zona oeste da cidade do Rio, para participar do desfile. “A gente já veio separado para o Bola Preta. Mas juntos e fantasiados é a primeira vez. Veio a tribo toda, o cacique, o pajé, o tupi e as tupéias”, brincou Rodrigo Souza.

Em uma paródia aos milionários camarotes do Sambódromo carioca, um grupo de Realengo, bairro também na zona oeste, improvisou um Camarote do Pessoal de Realengo, na calçada da Avenida Rio Branco, para assistir ao desfile do bloco.

Fundado em 1918, o Cordão da Bola Preta tradicionalmente abre a folia nas ruas cariocas no sábado de carnaval. Apesar da tradição e de sempre atrair dezenas de milhares de foliões em seu desfile, o bloco vem enfrentando dificuldades financeiras.

A gente ainda tem um problema sério de uma dívida com o condomínio onde foi a nossa sede, que ainda não está resolvido. E que nem tem como resolver, porque é uma dívida milionária, de R$ 2,8 milhões. Mas dentro da nossa capacidade, a gente tem tentado administrar o Bola Preta da melhor forma possível”, disse Marinho.

O Cordão da Bola Preta concorre ao título de maior festa de rua do mundo, concedido pelo livro dos recordes, o Guinness Book.

Foliões do Cordão da Bola Preta - Foto: Tânia Rêgo/ABr

Foliões do Cordão da Bola Preta - Foto: Tânia Rêgo/ABr

Foliões do Cordão da Bola Preta - Foto: Tânia Rêgo/ABr

Foliões do Cordão da Bola Preta - Foto: Tânia Rêgo/ABr

A ministra Maria do Rosário, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, aproveitou o desfile do Cordão da Bola Preta para divulgar a campanha Não Desvie o Olhar, que tem como objetivo fazer com que as pessoas que tiverem informações sobre violência contra menores de idade procurem os conselhos tutelares, a polícia ou denunciem ao Disque 100 - Foto: Tânia Rêgo/ABr

Foliões do Cordão da Bola Preta - Foto: Tânia Rêgo/ABr

Foliões do Cordão da Bola Preta - Foto: Tânia Rêgo/ABr

Nenhum comentário :

Postar um comentário