07/04/13

No Dia Mundial da Saúde, OMS alerta para importância do controle da hipertensão

Dados da organização indicam que mais de uma em cada três pessoas têm pressão alta



Paula Laboissière
Agência Brasil

No Dia Mundial da Saúde, lembrado hoje (7), a Organização Mundial da Saúde (OMS) alerta para a importância do controle da pressão arterial. De acordo com o órgão, a chamada hipertensão (pressão alta) constitui um problema de saúde pública, já que contribui para a maioria dos casos de doença cardiovascular, derrame, falência dos rins, invalidez e morte prematura.

Dados da organização indicam que mais de uma em cada três pessoas têm pressão alta. Em 2008, 40% dos adultos no mundo com 25 anos ou mais sofriam de hipertensão. No mesmo ano, 17,3 milhões de pessoas morreram apenas em razão de doenças cardiovasculares. Cerca de 80% dos óbitos provocados por doenças não-transmissíveis são registrados em países de baixa e média renda.

“Muitas pessoas não sabem que têm pressão alta porque a hipertensão nem sempre apresenta sintomas. Como resultado, ela contribui para mais de 9 milhões de mortes registradas todos os anos, incluindo metade dos óbitos provocados por doenças cardiovasculares e derrames.”

A OMS lembrou que a hipertensão é um quadro prevenível e tratável e cobrou a união de esforços de governos, profissionais de saúde, sociedade civil e setor privado, para reduzir o impacto do problema no mundo.

A orientação é que a população combata o risco de desenvolver pressão alta por meio de ações como reduzir a ingestão de sal; comer de forma balanceada; evitar o consumo nocivo do álcool; praticar atividade física; e evitar o fumo.

Nenhum comentário :

Postar um comentário