07/08/13

Campeonato Brasileiro de Fisiculturismo e Fitness terá controle de doping a partir de 2014

Presidente da CBMFF/IFBB Brasil disse que campeonato adotará regras do Código Mundial Anti-Doping



Nesta quarta-feira, dia 07, o presidente da CBMFF/IFBB Brasil, Professor Mauricio de Arruda Campos, declarou em ofício que, a partir de 2014, as duas etapas do Campeonato Brasileiro de Fisiculturismo e Fitness passarão por "alguns controles de doping em conformidade com o Código Mundial Anti-Doping".

De acordo com a WADA, Agência Mundial de Anti-Doping, considera-se doping a utilização de drogas e métodos ilícitos por um atleta a fim de obter vantagens em relação a seu adversário.

Mauricio pediu aos atletas brasileiros que tomem conhecimento das regras para evitarem suspensões.

"Já tivemos casos em outros países de dirigentes, árbitros e preparadores de atletas suspensos desde o período mínimo (que é de 4 anos) até suspensão vitalícia, por isso peço a atenção de todos para evitar que tenhamos aqui no Brasil algum caso desses por falta de conhecimento de vocês com respeito às regras que regem o nosso esporte com respeito ao controle de doping", disse.

No ofício, o presidente da Confederação Brasileira de Musculação, Fisiculturismo e Fitness destacou dois artigos do Código Mundial Anti-Doping, que dizem:

“CONSTITUI UMA VIOLAÇÃO ÀS REGRAS ANTI-DOPING:

2.7 O tráfico de qualquer substância proibida ou Método Proibido.

2.8 A Administração ou Tentativa de adminstração de uma Substância Proibida a qualquer atleta, ou ainda apoiar, incitar, contribuir, instigar ou dissimular qualquer outro tipo de cumplicidade envolvendo uma violação de uma regra anti-doping ou qualquer outra tentativa de violação.”

As regras do Código Mundial Anti-Doping estão disponíveis para download no endereço: http://www.ifbb.com/pdf/IFBB_Anti-Doping_Rules_2009_Final.pdf

Nenhum comentário :

Postar um comentário