03/11/13

William Vieira conquista corpo sarado com musculação: "Com determinação, tudo é possível"

Fotógrafo catarinense ganhou 13 quilos de massa muscular em um ano e meio de academia


 William Vieira

O fotógrafo William Vieira Ferreira nunca desistiu de realizar o seu maior sonho: ter um corpo sarado. Apesar de ter um físico magro, o catarinense começou a praticar musculação e em um ano e meio ganhou 13 quilos de massa muscular.

Hoje aos 20 anos, 1,70 e 70 kg ele exibe o corpo sarado conquistado com muita determinação e suor na academia.

História


William sempre possuiu um físico magro, desde quando era criança. "Sempre tive pré-disposição para ser magro, pois o meu metabolismo é incrivelmente acelerado", disse.

Na escola, era alvo constante de piadas dos colegas. "Eu sofria por isso. Imagine as pessoas te ofenderem e você se olhar no espelho e concordar com elas", desabafou.

Insatisfeito com a sua forma física, ele começou a praticar natação entre os 16 e 18 anos no intuito de ganhar mais corpo. "Com a natação, consegui sair dos 52 para os 58 kg", disse.

Mas os ganhos que obtinha com a natação eram lentos, uma vez que gastava muitas calorias na piscina se exercitando.

Nessa época, William trabalhava em uma biblioteca e procurou nos livros uma alternativa para mudar a sua condição física. "Os livros foram os meus professores. Comecei a ler livros relacionados ao desporto, nutrição desportiva. Passava horas lendo sobre anabolismo, recuperação. Foi aí que comecei a saber o porquê de cada coisa, isso me ajudou muito", disse.

Um livro em especial chamou a sua atenção: "Um livro que me surpreendeu e me ensinou muito foi "A dieta do Abdômen", do David Zinczenko e Ted Spiker. Ele mostrava o que podia ser feito para chegar mais fácil ao objetivo, bastava ter disciplina e foco", lembrou.

William só se convenceu de começar a praticar musculação após ouvir o conselho do seu professor de natação. "Ele me disse que seria interessante aliar os dois, pois é exatamente assim que os atletas treinam", disse.

Assim, aos 17 anos, ele se matriculou em uma academia. "Quando entrei na academia, estava muito insatisfeito com meu corpo. Eu pesava 57 kg. Uma das minhas grandes limitações no começo foi a vergonha. Ficava envergonhado de levantar 3 kg para fazer bíceps e uma mulher do meu lado fazendo com o dobro", contou.

Aos 18 anos, após entrar para a faculdade de engenharia de agrimensura, o rapaz abandonou por um ano a natação e a musculação para se dedicar aos estudos. "Depois que entrei na faculdade, fiquei um ano e meio sem fazer nada. Nesse período perdi todo o peso que havia conquistado", lembrou.

Insatisfeito com a perda de peso, o estudante voltou a puxar ferro para realizar um antigo sonho. "Eu sempre quis ter um corpo estilo fitness. Eu não queria apenas deixar de ser magro, eu queria ser forte, um atleta. Esse é o meu sonho. Ter um corpo não muito grande, mas o mais definido, desenhado e escultural possível", disse.

E graças à sua determinação, William ganhou 13 quilos em um ano e meio de musculação e hoje exibe um corpo sarado.

O antes e depois de William Vieira
Antes de entrar para a academia William Vieira pesava 57 kg. Hoje, aos 20, pesa 70 kg.
Foto: Arquivo pessoal

Treino


Para manter o físico sarado, William vai à academia de segunda à sábado. Ele recebe orientação de um personal trainer em 4 dias da semana. Nos dois dias restantes, treina sozinho. "Aprendi muito com meu personal, ele é ótimo", disse.

Seu treino é dividido em ABC, dura em média 1 hora e muda a cada 40 dias. "Meu treino varia conforme o meu objetivo. Faço avaliações físicas a cada dois meses e, a partir daí, defino com meu personal o que precisamos mudar".

Sua meta atual é baixar o seu percentual de gordura, que gira em torno de 5,5 e 5,8%. "Quero estar com o corpo mais definido para o verão", disse.

William busca inspiração em fisiculturistas como Jeff Seid e Eduardo Corrêa. "Também admiro a atleta Anne Freitas, minha conterrânea. Aprendi muitas dicas com ela quando treinávamos juntos", disse.

William na academia
Para manter o corpo sarado, William vai à academia de segunda à sábado
Foto: Arquivo pessoal

Alimentação


Para conquistar um corpo sarado, o catarinense precisou mudar antigos hábitos alimentares. Assim que entrou para a academia, deixou de lado a bebida e a má alimentação: "Bebia muita vodka. Não era fã de cerveja, mas bebia com os amigos. Eu vivia comendo besteiras. Era o famoso magro de ruim, pois comia pizza toda semana, cachorro quente e muita batata frita. Fritura era comigo mesmo. Adorava a coxinha de aipim da tia Zelia", disse.

Com a ajuda de uma amiga nutricionista, eles desenvolveram uma dieta para ganho de massa muscular. "Fiz uma dieta de 40 dias e ganhei 5 kg. Acordava às 6 da manhã e comia 10 refeições ao longo do dia", disse.

No início, William sentiu dificuldade em comer muito, mas se logo acostumou. "No começo a vontade de vomitar era forte, mas me acostumei em poucos dias", disse.

Hoje, o catarinense adota uma dieta mais saudável. "Reduzo o que é industrializado em minha dieta e dou preferência aos alimentos naturais como batata doce, carnes magras, verduras e ovos. Como corretamente e peso as minhas marmitas para não extrapolar", disse.

William acorda às seis da manhã e treina às sete e meia. Assim, seu café da manhã é também o seu pré-treino. "Já acordo comendo uma marmita com seis claras de ovos, macarrão e arroz integral, em pouca quantidade", disse. Ao longo do dia, ele come mais cinco marmitas que levam batata doce, batata inglesa, beterraba, peixe e frango.

"Quando não tenho como levar a minha marmita, eu como em um restaurante ou até mesmo lanchonete. No começo passava vergonha de comer minha marmita na rua. Hoje vou ao shopping e como sossegado. Mas é normal as pessoas me chamarem de louco. Infelizmente, elas não estão acostumadas com isso", contou.

William prepara suas próprias marmitas com um dia de antecedência. "Sempre preparo marmitas para dois dias e tudo sem sal. Durante a semana já como sódio contido nos peixes", disse.

Com os novos hábitos alimentares, o catarinense perdeu a vontade de ingerir alimentos industrializados. "Como pizza uma vez ao mês. Já não curto muito refrigerantes. Faz quase dois anos que não bebo uma Coca-Cola ou Pepsi. Quando me dá muita vontade tomo no máximo uma Aquarius. Vejo as pessoas comendo pastel, sorvete, guloseimas, mas isso não me atrai", disse.

O jovem também recorre a suplementos alimentares para potencializar o ganho de massa muscular, mas não abre mão da alimentação. "Muitas pessoas usam suplementos de forma errada, pois acham que não precisam fazer as refeições normais. A alimentação é 60% de todo o trabalho, o restante fica por conta do treino, descanso e suplementação", disse.

"Na fase de ganho de massa muscular, tomo hipercalórico, whey protein, caseína, creatina e aminoácidos. Tomo glutamina, BCAA e vitaminas durante o ano todo", completou.

William disse que nunca tomou anabolizante para ganhar músculos, mas é a favor do uso controlado. "Eu não condeno quem toma. Todos os atletas de fitness ou fisiculturistas já usaram, sem exceção. Se for feito de forma correta e com acompanhamento médico, vejo isso de forma positiva. O problema é que a desinformação é enorme", opinou.

William Vieira
William mudou hábitos alimentares incorretos para ganhar massa muscular.
Foto: Arquivo pessoal

Tudo é possível


Depois de passar por uma transformação física, William se desfez de suas antigas roupas tamanho 36. "Fiquei muito feliz quando pude doar roupas que não me serviam mais. Esse era o sinal que meu corpo estava mudando", disse.

A mudança no físico também trouxe benefícios para a sua auto-estima. "Hoje me sinto mais seguro e confiante. Sou a prova de que, com determinação, tudo é possível", disse.

O assédio também aumentou. William está solteiro no momento, mas disse que seu tipo preferido são as mulheres saradas. "Sempre achei bonito uma barriga sarada, uma perna torneada! Para as mulheres esse mundo é mais difícil. Não passamos por tantas oscilações no mês como elas. Quando vejo uma mulher malhada, treinada, eu quase beijo os pés", disse.

A próxima meta do fotógrafo é chegar aos 80 kg. "Quero ficar cada dia mais feliz com meu corpo, ter a paz de espírito e equilíbrio", disse.

Ao final da entrevista, William deixou um conselho para aqueles que sonham em ter um corpo sarado. "Não compre revista de beleza. É muita fantasia para pouca prática. Na vida real as pessoa acordam cedo, comem bem, investem uma parte do salário com suplementação. Tudo é possível, você precisa apenas ter foco. Saber o que quer e como chegar até lá".

Nenhum comentário :

Postar um comentário