04/05/15

Fisiculturista Rafael Mazzali volta aos treinos após se recuperar de dengue

Atleta que se prepara para competição ficou de cama por sete dias e perdeu 8,5 kg


Rafael Mazzali aos 107 kg após se recuperar de dengue. Foto: Arquivo pessoal

Há duas semanas atrás, o fisiculturista Rafael Mazzali retornou aos treinos após se recuperar de dengue. O atleta que está se preparando para uma competição em junho ficou acamado por sete dias e perdeu 8,5 kg.

"Estava com 110,5 kg, mas com a dengue caí para 102 kg. Em 15 dias de treino e dieta, voltei para 107 kg", disse ao Sarados do Brasil.

Antes de contrair dengue, Rafael havia iniciado a fase de pre contest (cutting), no início de abril. Ele encerrou em oito semanas a fase de off-season (bulking), ganhou 7 kg e bateu a meta de chegar aos 110 kg sem acumular muita gordura corporal.

Apesar do imprevisto, Rafael não desistiu de continuar a sua preparação para o Campeonato Goiano de Musculação e Fitness IFBB 2015. "A dengue tentou me derrubar, me levou alguns quilos sim, eu admito! Mas aqui vai um recado para aqueles que acharam que eu iria desistir de competir esse ano: se for para eu desistir, será apenas para que eu desista de ser fraco. A batalha continua", disse em uma rede social.

Rafael ainda não decidiu em que categoria irá competir."Ainda não sei. Vai depender da resposta do meu corpo. Faltam sete semanas para o campeonato, mas provavelmente irei entrar na Culturismo Clássico acima de 1,75 m com 93 kg", disse o atleta que foi vice-campeão da categoria em 2012.

O atleta de 1,90 m ainda disse que não descarta a possibilidade de competir por peso acima de 95 kg caso não consiga baixar o seu peso a tempo.

Rafael Mazzali perdeu 8,5 kg após contrair dengue. Foto: Arquivo pessoal
Rafael Mazzali perdeu 8,5 kg após contrair dengue.
Foto: Arquivo pessoal

Rafael Mazzali mostra ganho de peso durante a fase de bulking a uma semana de bater a meta de 110 kg. Foto: Arquivo pessoal
Rafael Mazzali mostra ganho de peso durante a fase de bulking.
Foto: Arquivo pessoal

2 comentários :