06/02/16

Fantasiados de índios, atletas são destaque do abre-alas da Acadêmicos da Rocinha

70 atletas participaram do desfile da Rocinha e mostraram os corpos sarados na Sapucaí


Fantasiados de índios, atletas se preparam na concentração da Acadêmicos da Rocinha. Foto: Arquivo pessoal

Na noite dessa sexta-feira, dia 5, a Acadêmicos da Rocinha trouxe para a Marquês de Sapucaí um grupo de setenta atletas no carro abre-alas. Fantasiados de índios, fisiculturistas, levantadores de peso e praticantes de atletismo exibiram os corpos sarados enquanto mostravam o samba no pé na abertura do primeiro dia de desfiles do Carnaval do Rio.

Este ano, a agremiação apresentou na avenida o samba enredo "Nova Roma é Brasil. Brasil é Rocinha", uma homenagem a obra do antropólogo e político Darcy Ribeiro. A escola de samba abordou o tema da miscigenação no Brasil e a formação dos habitantes da favela da Rocinha.

O fisiculturista Leonardo Vicente foi um dos atletas sarados que desfilou no carro de abertura da agremiação. O estudante de nutrição de 26 anos, 1,75 m e 72 kg pratica musculação há seis anos e iniciou a carreira no fisiculturismo há dois anos. "Participei de três campeonatos pela IFBB Rio no ano passado: Copa Duque de Caxias, na categoria Men's Physique, Mr. Rio e Ilha Top Fitness, na categoria Body Shape", disse.

O carioca falou sobre a emoção de desfilar pela primeira vez na Sapucaí. "Foi incrível a energia e o contato com o público. Foi divertido ver a reação das pessoas quando viam que estávamos quase nus", disse.

Por causa da fantasia, que deixava o corpo à mostra, os atletas não puderam desfilar com roupas íntimas. A solução encontrada foi usar um tapa-sexo para cobrir as partes íntimas. "Parece uma calcinha coberta com tecido na parte da frente e com um fio cor de pele atrás", disse Leonardo.

No barracão da escola, a preparação do grupo de atletas começou ao meio-dia e só terminou próximo do horário do desfile, às 21 h. Na concentração, os atletas receberam maquiagem e fizeram bronzeamento artificial para deixar os músculos do corpo ainda mais evidentes.

Atletas se preparam para desfilar no barracão da Acadêmicos da Rocinha. Foto: Arquivo pessoal
Atletas se preparam para desfilar no barracão da Acadêmicos da Rocinha.
Foto: Arquivo pessoal

Atletas posam para foto na concentração da Acadêmicos da Rocinha. Foto: Arquivo pessoal
Fantasiados de índios, grupo de atletas será destaque do abre-alas da Rocinha.
Foto: Arquivo pessoal

O fisiculturista Leonardo Vicente (à direita) desfila pela primeira vez na Sapucaí. Foto: Arquivo pessoal
O fisiculturista Leonardo Vicente (à direita) desfila pela primeira vez na Sapucaí.
Foto: Arquivo pessoal

Nenhum comentário :

Postar um comentário