06/04/16

Arthur Pícoli, o Estagigato, posa em campo de futebol e fala sobre assédio de fãs

Estagiário bonitão fala sobre assédio de fãs e preparativos para concurso de beleza nacional


Arthur Pícoli, o Estagigato, posa de cueca para ensaio na escola onde trabalha como estagiário. Foto: Rômulo Andrade

O estagiário de educação física Arthur Pícoli ficou famoso após ser descoberto dando aulas em uma escola em Conduru, distrito de Cachoeiro de Itapemirim, no Espírito Santo.

Na escola em que estudou desde a sétima série, o capixaba sarado de 21 anos, 1,83 m e 86 kg é conhecido como Estagigato, apelido que ganhou de seus alunos por sua beleza física e simpatia.

Este ano, Arthur foi eleito Mister Castelo e representa sua cidade natal no Mister Brasil 2016. Em entrevista exclusiva ao site Sarados do Brasil, o modelo fala sobre seus preparativos para o concurso e o assédio das fãs, que aumenta a cada dia.

Entrevista


1 - Você imaginava que um dia iria seguir a carreira de modelo?

Sempre gostei da ideia, mas por morar no interior nunca tive muitas oportunidades. Com o tempo, algumas pessoas começaram a me dar apoio, dizendo que eu levava jeito, que tinha chances de me dar bem e isso me incentivou. Me senti mais confiante para investir na carreira de modelo.

2 - Agora que você é conhecido como o estagiário mais gato da sua cidade, como está a repercussão nas ruas?

Na verdade eu não imaginava que isso fosse dar tanta repercussão. Na maioria das vezes, sou abordado pelas pessoas com muito carinho e palavras de apoio. Por morar em uma cidade pequena, as notícias circulam rapidamente e logo que fui divulgado na internet comecei a receber mensagens e ligações em questão de minutos.

"Sou abordado pelas pessoas com muito carinho e palavras de apoio", diz Arthur Pícoli. Foto: Rômulo Andrade
"Sou abordado pelas pessoas com muito carinho e palavras de apoio"

3 - O assédio do público feminino aumentou após a sua confirmação como candidato ao título de Mister Brasil 2016?

Com certeza. Essa foi uma das partes de que mais gostei. Brinco com os meus amigos dizendo que me apaixono facilmente, até mais de uma vez por dia (risos). Me considero um namorador de mão cheia, então está sendo muito útil para mim e para minha mãe em sua busca por uma nora (risos).

4 - Qual foi a cantada mais engraçada que você já recebeu?

Recebo muitas mensagens de fãs me pedindo para ser o estagiário particular delas (risos).

"Me considero um namorador de mão cheia", diz Arthur Pícoli. Foto: Rômulo Andrade
"Me considero um namorador de mão cheia"

5 - Você já enfrentou algum tipo de preconceito na faculdade por sua beleza, principalmente agora que é candidato ao título de homem mais bonito do Brasil?

Como diz o velho ditado, na vida nem tudo são flores. Logo no início, sofri um pouco de preconceito sim. Era alvo de brincadeiras um tanto quanto pesadas. Algumas pessoas tentaram me diminuir e me desanimar, mas o encantamento pela carreira de modelo foi maior e me deu forças para continuar.

6 - Uma pergunta indiscreta: Você já ficou com alguma fã após se tornar famoso em sua cidade?

Loucura essa história de fã né? Tudo aconteceu muito rápido. Há alguns meses atrás, eu era pouco conhecido. Saía nas festas e tinha uma vida normal. Mas após a divulgação do meu ensaio na internet, as coisas mudaram. Assumo que já fiquei com fã sim. Não vejo problema algum nisso. É uma troca de energia muito bacana (risos).

"Assumo que já fiquei com fã sim. Não vejo problema algum nisso", diz Arthur Pícoli. Foto: Rômulo Andrade
"Assumo que já fiquei com fã sim. Não vejo problema algum nisso"

7 - Você fez alguma mudança no seu corpo para poder participar do concurso?

Nenhuma. Eu sempre gostei de me cuidar, até pelo fato de ser ex-jogador de futebol. É claro que agora eu tenho que aumentar os cuidados com o meu corpo e evitar certas coisas para sair bem na hora das fotos. Treino e dieta são fundamentais para manter o corpo em forma. Há duas semanas, comecei a receber acompanhamento do personal trainer Renato Gava e espero apresentar um físico ainda melhor no concurso.

8 - Falando nisso, como estão os preparativos para o concurso?

Estou tranquilo, pois o Thiago Michelasi, que é o coordenador nacional, me deixa bem à vontade. Estou dando o meu melhor, pois quero surpreender!

9 - O que você planeja fazer depois do concurso?

Estou adorando essa vida de modelo e pretendo dar uma engrenada nela após o concurso. Quero realizar novos trabalhos, buscar novas oportunidades e seguir em frente com a carreira, sempre buscando dar o meu melhor.

"Eu sempre gostei de me cuidar, até pelo fato de ser ex-jogador de futebol", diz Arthur Pícoli. Foto: Rômulo Andrade
"Eu sempre gostei de me cuidar, até pelo fato de ser ex-jogador de futebol"

3 comentários :