13/02/2017

Ex-fisiculturista Rafael Mazzali inicia carreira no futebol e faz desabafo em vídeo

Jogador de futebol esclareceu boatos a respeito de sua perda de peso


Rafael Mazzali faz desabafo em vídeo sobre boatos a respeito de sua perda de peso. Foto: Reprodução

O atleta Rafael Mazzali deixou de lado as competições de fisiculturismo para se dedicar a uma nova carreira esportiva no futebol. Em um vídeo postado em uma rede social na tarde deste domingo, dia 12, o educador físico de 29 anos contou toda a sua trajetória de vida e fez um grande desabafo sobre boatos que surgiram após perder 20 kg.

Durante a sua infância, no Mato Grosso, Rafael começou a se destacar no futebol. "Eu era um dos melhores jogadores de futebol de salão da minha escola", contou.

Ele também lutou capoeira, fez natação e foi skatista amador. "Foi bom, mas não era o que eu queria. Eu gostava do futebol. Eu adorava uma bolinha", disse.

Rafael fez vários testes para entrar em clubes de futebol, mas não passou em nenhum. "São coisas da vida. A gente tenta, tenta, tenta, mas nem tudo na vida dá certo", disse.

Após o falecimento de seu avô Antônio, Rafael mudou-se para Goiânia com sua mãe e avó. Durante a sua adolescência, Rafael continuou a fazer testes em clubes na tentativa de realizar o sonho de se tornar um jogador de futebol. "Fiz uns 20 testes, não passei em nenhum. Fiquei triste", disse.

Assim, Rafael decidiu apostar em sua beleza e começou a investir na carreira de modelo. "Vou ser modelo. Era o meu ideal. Eu queria aquilo", disse. Aos 18 anos, ele concluiu o ensino médio, parou de estudar e se mudou para São Paulo.

"Eu passei fome"


Rafael contou que passou dificuldade financeira no primeiro de permanência em São Paulo. "Foi uma tragédia. Eu não ganhei nenhum real. Eu fazia testes e nada dava certo", disse. "Eu passei fome. Eu comia só miojo, porque eu não tinha dinheiro pra comer. Quando meu pai e minha mãe me ligavam eu dizia que estava tudo bem. Eu não queria desistir da minha carreira", revelou emocionado.

No natal, Rafael voltou para Goiânia e seus pais lhe disseram que não poderiam continuar a ajudá-lo financeiramente em São Paulo. Foi então que ele recebeu uma boa notícia que mudaria a sua vida: a aprovação em um teste para desfilar no São Paulo Fashion Week.

Com apenas trezentos reais no bolso, Rafael voltou para São Paulo confiante e participou do desfile que lhe abriu as portas para outros trabalhos. "Fui crescendo na carreira e comecei a aparecer na televisão: no Gugu, na Hebe, na Luciana Gimenez, na Ana Hickman. Fazia propaganda para várias marcas. Viajei a Europa inteira, Canadá, Argentina, trabalhando com meu esforço", disse.

Em 2008, Mazzali foi eleito Mister Model Brasil. "Eu saí lá do zero, passei fome um ano. Participei de um concurso que me deu a faixa de melhor modelo do Brasil", disse.

Após viajar para vários países a trabalho, Rafael se cansou da carreira agitada de modelo. "Eu fui um bom modelo, mas não queria mais viver daquilo. Meu ciclo tinha encerrado", disse.


Ex-Hipertensão


Rafael Mazzali voltou para Goiânia, mas não queria abandonar de vez a carreira de modelo. Em 2011, ele se inscreveu no Big Brother e foi selecionado pela produção.

Ele também foi convidado para participar do elenco da primeira edição do reality show Hipertensão e aceitou o desafio. Ficou entre os finalistas do programa e ganhou visibilidade para realizar outros trabalhos como ex-Hipertensão.


De modelo a fisiculturista


Depois, Rafael decidiu voltar a estudar e começou a fazer faculdade de educação física. Durante seu primeiro estágio em uma academia, recebeu um convite de um personal trainer para se tornar fisiculturista. A princípio, não gostou da ideia. "Eu era magrinho, pesava uns 80 kg", disse.

Graças ao incentivo de seu amigo, Guilherme Massaini, Rafael aceitou o novo desafio e começou a se preparar. Em seu primeiro campeonato, Rafael ficou em último lugar. "Foi uma experiência que eu nunca vou esquecer", disse.

Mas ele não desistiu. Começou a estudar a fundo tudo sobre fisiculturismo e procurou acompanhamento médico. Três meses depois, ganhou 13 kg e voltou a competir pela IFBB. Rafael foi vice-campeão da categoria Culturismo Clássico do Campeonato Goiano de Musculação e Fitness 2012. "Eu era iniciante. Isso pra mim foi uma vitória", disse.

Anos depois, Rafael perdeu um pouco de peso e mudou para a categoria Men's Physique. Em uma competição que reuniu 35 atletas, ficou em quinto lugar. "Mais uma conquista", disse.

Determinado a se tornar campeão de fisiculturismo, Rafael fez uma preparação focada, com a orientação do Dr. Amir Saado, que durou cerca de cinco meses. Ele disse que chegou a pesar 120 kg de massa muscular durante o off-season, período em que contraiu dengue.

Em junho de 2015, Mazzali foi Campeão Sênior até 100 kg do Campeonato Goiano de Fisiculturismo da IFBB Goiás. "Eu dei um cala boca pra toda a sociedade da educação física que me criticava. Eu mostrei que eu era o melhor", desabafou o atleta que viu a carreira alavancar após a vitória.

Em busca do sonho de infância


Após alcançar o sonho de se tornar campeão de fisiculturismo, Rafael desistiu da carreira. "Eu cansei de ser fisiculturista", disse o atleta que começou a perder peso. "Eu perdi 20 kg", contou.

Com a perda de peso, começaram a surgir boatos de que Rafael estaria em depressão e havia se envolvido com drogas. Mas ele preferiu se calar.

Rafael começou a perder peso para realizar um antigo sonho de infância: tornar-se jogador de futebol. "Quando eu voltei pro futebol eu estava pesando 100 kg, mas não conseguia correr dentro de campo. Eu estava muito pesado ainda, tinha muita massa muscular, mesmo após ter perdido 20 kg", contou o atleta.

Nesse intervalo, Rafael assinou um contrato profissional com o clube de futebol Associação Esportiva Evangélica, de Paraúna, Goiás. "Meu primeiro sonho entre todos os que eu vivi e conquistei era ser jogador de futebol. Eu não consegui com 17 anos. Estou conseguindo agora, com 29 anos", disse o jogador que vai disputar a segunda divisão do campeonato goiano.

Durante sua transição para a nova carreira esportiva, Rafael perdeu 13 kg e hoje exibe um corpo mais magro, aos 87. "Sabe o que estão falando de mim por aí?' Que chegou ao meu ouvido hoje? Eu fiquei muito triste e por isso resolvi fazer esse vídeo. Estão falando por aí que eu estou com AIDS, que eu estou usando crack, que eu estou perdido no mundo", contou.

"Pega os meus exames. Eu estou com uma saúde de criança. Eu estou limpo de tudo", rebateu Mazzali. "Eu quis emagrecer. O meu objetivo hoje é ser jogador de futebol", acrescentou.

Rafael tem consciência do grande desafio que terá de enfrentar no futebol. "Eu sei que vai ser difícil essa carreira. Pode até não dar certo, pois estou com idade avançada, mas eu vou tentar. Se eu cheguei a ser profissional, não foi à toa", concluiu o atleta.

2 comentários :

  1. Parabéns Rafael. Não ligue para os invejosos

    ResponderExcluir
  2. Boa sorte Mazzali

    ResponderExcluir