18/03/2017

Misses expõem “defeitos” para mostrarem que são mulheres reais

A ação "Represento a beleza, não um padrão" tem como objetivo empoderar outras mulheres


Ação 'Represento a beleza, não um padrão'. Foto: Divulgação

A ação "Represento a beleza, não um padrão", desenvolvida nos meses de fevereiro e março, tem como objetivo mostrar que misses são mulheres reais e que esses "defeitos" não as tornam menos belas.

As candidatas do Miss Brasil Intercontinental foram convidadas a falarem sobre o que as incomodava fisicamente e como superaram isso. O assunto gerou uma repercussão muito positiva nas redes sociais fazendo com que as pessoas se sentissem representadas e encorajadas a se aceitarem como realmente são.

Para a diretora do concurso, Elaine Cristina, "a ideia é promover a empatia entre as mulheres e assim derrubar o mito de que os concursos de beleza apenas reforçam estereótipos. Queremos promover uma grande corrente de empoderamento. Nem todas vencerão o concurso, mas cada uma das candidatas pode empoderar outras mulheres à sua volta".

Por contemplar as 5 franquias internacionais, o evento passa a se chamar Beleza Casting Misses. Na ocasião serão eleitas as representantes brasileiras para os concursos: Miss Intercontinental, Miss Global, Top Model Of The World, Queen Beauty Universe e Face of Beauty International. O certame acontecerá em julho, na Grande São Paulo, e contará com aproximadamente 27 candidatas de todo o país.

Ação 'Represento a beleza, não um padrão'. Foto: Divulgação

Ação 'Represento a beleza, não um padrão'. Foto: Divulgação

Ação 'Represento a beleza, não um padrão'. Foto: Divulgação

Ação 'Represento a beleza, não um padrão'. Foto: Divulgação

Ação 'Represento a beleza, não um padrão'. Foto: Divulgação

Ação 'Represento a beleza, não um padrão'. Foto: Divulgação

Ação 'Represento a beleza, não um padrão'. Foto: Divulgação

Nenhum comentário :

Postar um comentário