04/11/2017

Ex-obesa mórbida, Isabelle Fischer conta como perdeu 47 kg em dois anos e meio

Estudante de 23 anos conta como perdeu tanto peso apenas com dieta e treino


Isabelle Fischer perdeu 47 kg em dois anos e meio de dieta e treino. Foto: Victor Catinin

Por quase seis anos, a estudante de direito Isabelle Fischer viveu em pé de guerra com a balança. "Eu pesava 118 kg. Foram aproximadamente 2.190 dias buscando me superar dia após dia", contou.

Foi durante a infância que Isabelle começou a carregar todo o peso do preconceito por causa da obesidade. "Algumas pessoas que conviviam comigo sabem que meu apelido na escola, durante o ensino fundamental, era 'Isabola'", revelou. "Aos 17 anos, já estava cansada de ouvir 'você é tão bonita de rosto, por que não emagrece? Isso me chateava, corroía, magoava'", completou.

A carioca que era uma obesa mórbida e chegou a pesar 118 kg se recorda de todas as vezes em que ia ao shopping comprar roupas, mas sem conseguir encontrar peças com o seu tamanho. "Eu vestia manequim 52, mas o tamanho máximo que achava era 48. Eu e minha mãe saíamos chorando de lá. Todas essas coisas acumuladas me fizeram buscar mudanças", disse.

A estudante Isabelle Fischer já sofreu de obesidade mórbida. Foto: Victor Catinin
A estudante Isabelle Fischer já sofreu de obesidade mórbida.
Foto: Victor Catinin

Em busca da boa forma


No final de 2012, Isabelle deu o primeiro passo em busca de uma mudança no físico. "Acordei com sede de mudança. Fui ao nutricionista e ela me disse: 'o que eu faço aqui, eu faço com todos os outros. O resultado só depende de você'", recordou.

Essa consulta foi determinante para Isabelle mudar a sua vida para melhor. "Eu havia mudado o mais importante: a minha mente. Ninguém mais ia me desanimar", disse.

Após o primeiro mês de dieta, Isabelle voltou ao nutricionista e comemorou a perda dos primeiros 9 kg. "Aquilo me animou tanto, me fez tão feliz, radiante, não sei nem expressar em palavras", disse.

A perda de peso possibilitou a Isabelle realizar atividade física moderada. Assim, ela começou a caminhar todos os dias, durante uma hora, sem deixar de seguir a dieta prescrita.

Os resultados vieram já no segundo mês. Com 12 kg a menos, ela foi liberada para começar a praticar musculação. "Era impressionante a minha sede de mudança. Quando eu via, já estava com roupa no corpo e garrafinha nas mãos", disse.

Isabelle contou que não passou fome para emagrecer e nem se privou da companhia dos amigos que frequentavam a lanchonete nos finais de semana. "Eu comia hambúrguer sem queijo, sem bacon, sem batata palha. Eu tentava ao máximo diminuir o impacto daquilo no meu corpo. Passar fome? Nunca. Mas algumas coisas eu abdiquei, como o refrigerante", contou.

Conciliando a dieta com atividade física durante dois anos e meio, Isabelle perdeu incríveis 47 kg. Para ela, a rotina de ir à academia todos os dias se tornou uma paixão. "Eu comecei a ver minha perna tornada, o meu braço mais durinho, as costas com leves curvas e comecei a gostar", disse.

No ano passado, Isabelle realizou duas cirurgias para remoção de pele nos seios e no interior da coxa. Hoje, com 71,8 kg a estudante de 1,69 m exibe com orgulho o corpo sarado que esculpiu na academia nos últimos anos. "Jamais pensei em levar esse estilo de vida, mas as coisas acontecem quando devem acontecer", disse.

A mudança física de Isabelle Fischer: de 118 kg para 71,8 kg. Foto: Arquivo Pessoal/Victor Catinin
A mudança física de Isabelle Fischer: de 118 kg para 71,8 kg.
Foto: Arquivo Pessoal/Victor Catinin

"O segredo é não desistir"


Sem condições para pagar uma cirurgia bariátrica, Isabelle teve que provar para si mesma que era capaz de perder peso por sua própria força de vontade. Determinada, a jovem começou a praticar musculação e controlar a sua alimentação. Os resultados vieram mês após mês e a sua auto-estima alavancou.

"Não fiz abdominoplastia, não fiz cirurgia bariátrica, não tomei remédio, não fiz promessa, juramento ou reza. Eu persisti durante seis anos e persisto até hoje. Hoje, aos 23 anos e no meu melhor corpo posso dizer que o segredo é não desistir", afirmou.

A estudante aprendeu a corrigir antigos hábitos alimentares que a impediam de estar em paz com a balança. "Eu comia todo tipo de besteiras, o tempo todo. Hoje, como no máximo uma vez na semana, em uma refeição. Eu me acostumei e, sair da dieta, mexe muito com meu organismo", disse.

Isabelle Fischer conta que emagreceu apenas com dieta e treino. Foto: Victor Catinin
Isabelle Fischer conta que emagreceu apenas com dieta e treino.
Foto: Victor Catinin

A jovem contou ainda que foram poucos os momentos em que se sentiu desanimada na luta diária pela perda de peso, pois a paixão pela musculação a motivou. "Malhar é uma terapia. Sou muito apaixonada pela musculação e isso me ajuda muito", disse a estudante que conta atualmente com a orientação do personal trainer Victor Lima (CREF - 059775-G/SP) e do nutricionista Vinícius Graton.

Isabelle continua a evoluir a cada dia e disse que ainda não alcançou a forma física desejada. "Ainda não alcancei e nem espero alcançar da noite para o dia. Vou continuar malhando e melhorando dia após dia", finalizou.

Isabelle Fischer descobriu na musculação uma grande paixão. Foto: Victor Catinin
Isabelle Fischer descobriu na musculação uma grande paixão.
Foto: Victor Catinin

Você tem uma história de mudança física para contar? Entre em contato conosco e divulgue a sua experiência de ganho ou perda de peso aqui no Sarados do Brasil.

3 comentários:

  1. Muito linda parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Grande exemplo!
    Parabéns, minha linda! Que sua história sirva de inspiração para muitas pessoas. Você provou que TUPO É POSSÍVEL QUANDO HÁ DETERMINAÇÃO. Uma batalha jamais será vencida sem luta. Parabéns por essa conquista!
    #força #foco #fé

    ResponderExcluir