Entrevistas

Antes e Depois

Superação

Fisiculturismo

Anabolizantes

Suplementação

Revistas

Saúde

Alimentação

Treino

Verão

Moda

Ensaios

Concursos

► sábado, 25 de abril de 2015

Arthur Soares, Campeão Overhall Bodybuilding Juvenil, revela que já foi obeso

Em entrevista, fisiculturista diz como reverteu sua condição física e se tornou um campeão


Arthur Soares, Campeão Overhall Bodybuilding Juvenil do Campeonato Estreantes IFBB-RIo 2015. Foto: Alencar Amaral

No dia 28 de março, o carioca Arthur Soares iniciou a carreira de fisiculturista no Campeonato Estreantes IFBB-RIO 2015 (1ª Fase), realizado no Tijuca Tênis Clube. Em sua estreia, o atleta de 22 anos, 1,68 m e 74 kg conquistou o título de Campeão Overhall Bodybuilding Juvenil até 75 kg.

Em entrevista ao Sarados do Brasil, Arthur revela que já foi obeso e que conviveu com o excesso de peso desde a infância. Ele diz como reverteu sua condição física com a ajuda de seu treinador e como a sua paixão pelo fisiculturismo o levou a se tornar um campeão.

Entrevista


01 - Olá Arthur! Como foi a experiência de ter sido Campeão Overhall Bodybuilding Juvenil já em sua primeira competição?

Foi um momento mágico ganhar a minha primeira competição. E ganhar o Overall foi ótimo, ainda mais para um ex-obeso.

02 - Você era obeso antes de se tornar fisiculturista?

Sim. Eu era obeso há dois anos anos atrás. Pesava 110 kg. Não era sedentário. Jogava futebol uma vez por semana, mas comia muito. Bebia dois litros de refrigerante por dia e comia muito aqueles salgados de lanchonete. Eu também era apaixonado por doces.

Arthur Soares revela que era obeso há dois anos anos atrás. Montagem: Arquivo pessoal e Alencar Amaral
"Eu era obeso há dois anos anos atrás"

03 - Você começou a ficar obeso com quantos anos? Já sofreu bullying?

Desde criança. Sempre fui o gordinho da turma. Não cheguei a sofrer bullying porque era uma pessoa bem sociável, mas não me sentia bem quando tinha que tirar a blusa, principalmente em praias e piscinas, ou até mesmo em dias de calor.

04 - O que levou você a mudar a sua condição física?

No carnaval de 2013 fui a uma praia e me senti constrangido por estar muito gordo. Decidi mudar e coloquei isso como uma meta pra minha vida.

Arthur Soares mostra o físico musculoso em campeonato. Foto: Marcelo Magalhães
"Me senti constrangido por estar muito gordo. Decidi mudar"

05 - Como você conseguiu reverter essa situação e se tornar fisiculturista?

Com dieta, treino e aeróbico. Pratico musculação há um ano e dez meses. Com auxilio do meu treinador, o Felipe Riboura, meu corpo começou a mudar rapidamente. Ele viu que eu tinha condições de competir e fizemos um trabalho voltado pra isso.

06 - Em quanto tempo você conseguiu eliminar o excesso de peso?

Nos três primeiros meses, eu consegui chegar aos 88 kg. A partir daí, meu peso foi diminuindo cada vez mais. Lembro que cheguei a perder quase um quilo por semana.

Arthur Soares se apresenta no palco do Campeonato Estreantes IFBB-RIO 2015. Foto: Marcelo Magalhães
"Cheguei a perder quase um quilo por semana"

07 - Que dieta você seguiu para chegar ao palco com o shape trincado?

Na verdade, estava em dieta pre contest durante esse tempo todo. Minha dieta consiste em frango, ovo, batata doce e arroz integral, alimentos de baixo índice glicêmico.

08 - Como você conseguiu se controlar durante esse tempo todo sem sair da dieta?

Graças a paixão que sinto pelo fisiculturismo. Eu me apaixonei pelo esporte.

Arthur Soares no backstage do Campeonato Estreantes IFBB-RIO 2015. Foto: Alencar Amaral
"Eu me apaixonei pelo esporte"

09 - Durante a sua apresentação, a sua pintura corporal começou a derreter. O que aconteceu?

O ar condicionado do local estava com problema e aí a pintura corporal derreteu. Você pode ver que isso não aconteceu só comigo. Outros atletas também ficaram com o corpo manchado.

10 - Há quanto tempo você iniciou a sua preparação para o Estreantes?

Minha preparação começou no dia 6 de janeiro. Meu treinador não prezou apenas pelo meu emagrecimento. Ele me ajudou a segurar o máximo de músculos para que eu pudesse competir em boa forma.

Com o calor, a pintura corporal de Arthur Soares derreteu. Foto: Marcelo Magalhães
"O ar condicionado do local estava com problema e aí a pintura corporal derreteu"

11 - Você esperava que pudesse ser campeão absoluto de sua categoria?

Sinceramente eu não esperava, mas quando eu cheguei ao local e comecei a me pintar todos me olhavam de um jeito diferente. Alguns falavam pra mim no backstage que eu estava bem demais, que ia ser pódio, mas não estava acreditando muito. Quando fui campeão foi um alívio e ganhar o overall foi um presente de Deus. Não esperava realmente.

12 - Qual é a característica da sua categoria? Vai continuar a competir nela?

Para competir na Bodybuilding Juvenil é preciso ter no máximo 23 anos e pesar até 75 kg. Volume, definição e simetria são importantes. Vou continuar a competir nessa categoria. Minha próxima competição será no Mr. Rio, no dia 28 de junho.

Arthur Soares no pódio do Campeonato Estreantes IFBB-RIO 2015. Foto: Marcelo Magalhães
Quando fui campeão foi um alívio e ganhar o overall foi um presente de Deus
► quinta-feira, 23 de abril de 2015

Sem camisa, Jeff Seid exibe o físico sarado na capa da terceira edição da Menz Physique

Atleta Men's Physique conta segredos para ganhar fama nas redes sociais


Sem camisa, Jeff Seid exibe o físico sarado na capa da Menz Physique. Foto: Jason Ellis

O fisiculturista e modelo fitness Jeff Seid é capa da terceira edição da revista Menz Physique, publicação norte-americana criada pelo fotógrafo Jason Ellis cuja proposta é mostrar os melhores físicos do mundo.

Em entrevista à publicação, o atleta Men's Physique de 21 anos, 1,83 m e 93 kg contou segredos para ganhar fama nas redes sociais. Atualmente, Jeff possui 2,1 milhões de seguidores no Facebook e 10 milhões de visualizações em seu canal no You Tube.

No ano passado, o americano ficou em 13º lugar no Mr. Olympia. Ele disputou o título da categoria Men's Physique ao lado do fisiculturista Felipe Franco.

Fisiculturista Amilton Junior pega um bronze em clube antes de competir em campeonato

Atleta participa do Campeonato Mineirão de Bodybuilding 2015 da FMBB neste domingo


Fisiculturista Amilton Junior pega um bronze antes de subir em palco de competição. Foto: Arquivo pessoal

O fisiculturista Amilton Junior aproveita a última semana antes de subir no palco de sua próxima competição para colocar o bronzeado em dia.

Na manhã desta terça-feira, dia 23, o mineiro de 23 anos, 1,71 m e 82 kg aproveitou o dia ensolarado para pegar sol no Automóvel Clube de Teófilo Otoni, em Minas Gerais, e exibiu o físico sarado. "Pegando aquele bronze para domingo subir no palco bem moreninho", disse.

No próximo domingo, dia 26, Amilton Junior participa do Campeonato Mineirão de Bodybuilding 2015 da Federação Mineira de Bodybuilding (FMBB). Ele compete na categoria Class 3 que não possui limite de peso, apenas de altura (1,72 m).

Amante de musculação e dos esportes em geral, Amilton já foi campeão Mens Fitness em sua primeira competição e campeão Class 3 pela NABBA. No ano passado, ele foi vice-campeão da categoria Fisiculturismo Júnior da Copa IFBB Minas.

O mineiro contou que pretende emendar sua preparação para disputar em junho o campeonato Mineiro da IFBB MINAS. O atleta disse que após a disputa, pretende se fixar na IFBB.

Fisiculturista Amilton Junior pega um bronze em clube. Foto: Arquivo pessoal
Fisiculturista Amilton Junior pega um bronze em clube.
Foto: Arquivo pessoal

No próximo domingo, o atleta participa do Campeonato Mineirão de Bodybuilding 2015 Foto: Arquivo pessoal
No próximo domingo, o atleta participa do Campeonato Mineirão de Bodybuilding 2015
Foto: Arquivo pessoal
► quarta-feira, 22 de abril de 2015

Carla Carra é vice-campeã Wellness do Campeonato Estreantes IFBB-RIO 2015

Fisiculturista se apresentou na segunda fase do campeonato, realizado no dia 12 de abril


Carla Carra no palco da segunda fase do Campeonato Estreantes IFBB-RIO 2015. Foto: Alencar Amaral

A fisiculturista Carla Carra, esposa do atleta Breno Neves, foi vice-campeã da categoria Wellness até 1,58 m da 2ª fase do Campeonato Estreantes IFBB-RIO 2015, realizado no dia 12 de abril, no Tijuca Tênis Clube.

"Fiquei muito feliz com o resultado", disse a carioca que se apresentou no palco da competição ao lado de 22 atletas. Ela contou que só não foi campeã porque, segundo um dos árbitros, faltou mais volume nos quadríceps e glúteos.

Carla iniciou sua preparação há três meses com a orientação do treinador Rodrigo Ferreira. Além de pegar pesado nos treinos, a fisiculturista fazia cerca de 6 refeições por dia e usava suplementos à base de whey protein e creatina.

Essa foi a segunda competição da carreira da atleta. No passado, ela conquistou o quarto lugar no Mr. Cabo Frio.

Carla Carra competiu na categoria Wellness até 1,58 m. Foto: Alencar Amaral
Carla Carra competiu na categoria Wellness até 1,58 m.
Foto: Alencar Amaral

A fisiculturista competiu ao lado de 22 atletas e conquistou o segundo lugar. Foto: Alencar Amaral
A fisiculturista competiu ao lado de 22 atletas e conquistou o segundo lugar.
Foto: Alencar Amaral
► quinta-feira, 16 de abril de 2015

Saiba por que carne com gordura faz mal para a saúde

Pesquisa revela que 29% da população brasileira ainda consome carne gordurosa


Carne vermelha com gordura - Foto: Guillaume Paumier

O garçom Alan Almeida adora comer carne vermelha gordurosa. Ele acredita que quanto mais gordura a carne tiver, mais saborosa a carne vai ficar. “Eu prefiro gorda, geralmente, se for churrasco mesmo, eu prefiro gorda, agora um bife eu como sem gordura. Acho que como churrasco umas três vezes no mês, sei que com a gordura faz mal, mas gosto de churrasco bem gordinho porque geralmente o churrasco que a gente faz é bem gordinho, na família todo mundo gosta de uma gordurinha no churrasco porque a carne fica mais saborosa, é melhor, pelo menos eu acho.”

De acordo com a diretora de Vigilância e Promoção da Saúde do Ministério da Saúde, Deborah Malta, o Alan está correndo riscos consumindo carne vermelha com excesso de gordura. “Além de predispor à obesidade, ao excesso de peso, todas as evidências apontam que o uso de carnes, exatamente, carne com gordura traz riscos à saúde, especialmente, em relação às doenças cardiovasculares, em relação ao diabetes e vários tipos de câncer.”

Dados da pesquisa Vigitel 2014, Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico , revela que 29% da população brasileira ainda consome carne gordurosa. A diretora de Vigilância e Promoção da Saúde, Deborah Malta , recomenda que a gordura da carne não deve ser consumida pela população. “Você deve recortar e não ingerir a gordura aparente da carne e também em relação à pele do frango e de outros animais, essa pele deve ser descartada de preferência ainda no preparo.”

Para incentivar o consumo de alimentos saudáveis, o Ministério da Saúde publicou o Guia Alimentar para a População Brasileira e o livro Alimentos Regionais Brasileiros. Essas publicações incentivam o consumo de frutas , legumes e verduras e mostram que a base da alimentação deve ser feita com alimentos frescos e minimamente processados.